O Presente De Deus: O Nascimento de Jesus

Jesus em uma manjedoura

Antes da criação do mundo, Deus já existia, junto com seu Filho Jesus e o Espírito Santo. Tudo que há no mundo foi criado por ele, inclusive o próprio homem, que ele colocou num lindo jardim. O homem desobedeceu às instruções que Deus lhe dera. Foi através dessa desobediência que o pecado entrou no mundo e o afastou de Deus. Para receber o perdão dos seus pecados, Deus pediu que as pessoas sacrificassem animais perfeitos. Na realidade, esses sacrifícios não tinham poder para perdoar seus pecados, mas faziam com que as pessoas acreditassem no sacrifício perfeito que Deus mandaria para o mundo. Esse sacrifício seria seu Filho Jesus que teria poder para perdoar todos os pecados de todas as pessoas.

Maria e o anjo

O anjo fala com Maria

Quatro mil anos depois que Deus criou o mundo, no povoado de Nazaré, havia uma moça chamada Maria que era a noiva de José. Um dia, um anjo procurou Maria e disse-lhe que seria a mãe de uma criança muito especial. Ela devia chamá-lo de Jesus. Este bebê não teria um pai como todos nós temos. Ele seria o Filho de Deus!

O nascimento de Jesus

A estrela que brilha sobre Belém

Depois de receber a visita do anjo, José e Maria fizeram a longa viagem a Belém para pagar os impostos que todos eram obrigados a pagar. Ao chegarem na cidade, descobriram que estava cheia de gente. Sendo que não havia lugar nas pensões, tiveram que pousar num estábulo. Foi aqui que Jesus nasceu. Maria envolveu Jesus em panos e o deitou numa manjedoura.

Os pastores

Os anjos trazem boas novas aos pastores

Naquela mesma noite, nos campos fora da cidade, havia pastores que cuidavam dos seus rebanhos de ovelhas. De repente um anjo apareceu e a glória do Senhor iluminou os pastores. O anjo lhes disse:

Não se assustem, pois trago boas notícias de grande alegria para todo o povo. Nesta noite nasceu o Salvador, que é Jesus Cristo o Senhor. Vocês acharão o menino envolto em panos e deitado numa manjedoura.

Nisso uma multidão de anjos apareceram e louvando e glorificando a Deus, dizendo:

Glória a Deus nas maiores alturas! Paz na terra e boa vontade entre os homens.

Depois que os anjos se ausentaram, os pastores deixaram suas ovelhas e se apressaram a Belém. Acharam o bebê assim como os anjos lhes disseram.

Os reis magos

Os reis magos trazem seus presentes

Depois que Jesus nasceu, vieram alguns reis magos de uma terra bem distante para Jerusalém. Perguntaram:

—Onde está aquele que nasceu para ser o rei dos judeus? Temos visto sua estrela no oriente e viemos adorá-lo.

Ao saber disso, o rei Herodes ficou chateado. Chamou os sacerdotes e mestres da lei e perguntou o que sabiam disso. Disseram-lhe que segundo os profetas um rei nasceria em Belém. Herodes pediu que os reis magos fossem a Belém e procurassem este rei. Ao sair de Jerusalém, a mesma estrela que haviam seguido durante muito tempo os levou direto à casa onde o menino Jesus se encontrava. Eles caíram de joelhos e deram-lhe presentes de ouro, incenso e mirra. Os reis magos tiveram um sonho no qual Deus os advertiu que não voltassem a Jerusalém onde o malvado rei Herodes os esperava.

Jesus deu a sua vida por nós

Jesus era o Filho de Deus. Ele era perfeito e nunca cometeu um pecado. Aos 30 anos de idade Jesus começou a ensinar o povo sobre Deus, seu Pai. Ele fez muitos milagres; os cegos começaram a enxergar, os doentes foram curados e chegou a fazer com que os mortos tornassem a viver. Acima de tudo, ele ensinou o caminho que leva para o céu. Finalmente ele deu a sua vida como sacrifício pelos pecados do mundo todo.

Em João 3:16 a Bíblia diz:

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

Jesus deu sua vida na cruz como o grande sacrifício pelo pecado. Com a sua morte ele pagou o preço de todos os pecados. Não é preciso mais fazer sacrifício para ter os pecados perdoados. Com a sua morte Jesus cumpriu a promessa de Deus de enviar o Salvador ao mundo.

Jesus na cruz

Jesus foi morto por homens pecaminosos, mas ele era mais poderoso do que a morte. Depois de três dias ele mostrou-se vitorioso ao sair da sepultura. Nos dias seguintes muitas pessoas o viram com vida. Poucos dias depois ele abençoou seus discípulos e subiu para o céu.

Quando escolhemos crer em Jesus e entregar nossa vida a ele, seu sangue nos limpa de todos os nossos pecados. Ao aceitarmos este dom da salvação, somos unidos com Deus. Jesus se torna nosso Salvador pessoal e como Filho seu temos direito a todas as suas bênçãos. Algum dia Jesus voltará. Ele levará todos aqueles que creem nele para o céu, onde viverão com Deus durante toda a eternidade.