É Possível Parar de Fumar?

A procura pela felicidade tem levado o homem a muitos lugares indesejáveis. Podemos citar as riquezas, a popularidade, o cigarro e a bebida, que o tem deixado decepcionado e com um grande vazio interior. João 4:1-30 fala deste vazio ao contar a história do encontro de Jesus com a mulher samaritana que estava tirando água do poço. Ele lhe ofereceu água que saciaria a sede da sua alma. A água do poço poderia saciar sua sede natural, mas Jesus acabou com a sede de sua alma.

Muitas pessoas nem reconhecem que esta sede existe em suas vidas. Por mais que procurem esconder ou ignorar esta necessidade, ela não desaparece. É por isso que Deus enviou Jesus a este mundo para libertar o homem das tentações e dos pecados deste mundo. Ele oferece esperança para os cativos do pecado; oferece libertação de todas as coisas que prendem o coração e a mente.

Por que as pessoas fumam?

Por que há tantas pessoas que fumam? É porque o cigarro realmente satisfaz? Talvez seja porque os amigos fumam e os pressionam a fumarem também. Podem achar que se fumarem, terão uma aceitação social melhor. Ou pode ser um simples sentimento de insegurança e a ideia errada de que fumar as tornará mais seguras. Todos os fumantes devem analisar esta questão para descobrirem por que fumam.

A insegurança muitas vezes faz com que as pessoas se envolvam em atividades que tiram sua atenção das coisas realmente importantes da vida. Podem ser hábitos que transmitam uma imagem de ter tudo sob controle. Pessoas nervosas frequentemente sentem a necessidade de ter alguma coisa nas mãos para acalmar seus nervos. Algumas tornam-se dependentes do cigarro, mas o alívio que sentem não é permanente; apenas enquanto estão fumando.

Muitos jovens são induzidos a experimentar o cigarro. Seus amigos lhes oferecem um cigarro. Os outdoors e as propagandas em jornais e revistas mostram homens e mulheres bonitos e atléticos com um cigarro na mão, dando a entender que isso é vida. Outros simplesmente imitam seus pais, que são fumantes. No início acreditam que é uma coisa social, que podem parar na hora que quiserem. Mas, quando realmente resolvem parar, descobrem que são viciados no cigarro.

Fumar é pecado?

Fumar é apenas um hábito indesejável, ou é pecado? A Bíblia diz em algum lugar que é pecado? São perguntas que ouvimos frequentemente e por isso devem ser respondidas. Não, a Bíblia em lugar algum fala sobre o vício de fumar. No entanto, dá direção clara e princípios básicos que podem responder a esta pergunta.

A Bíblia ensina claramente que os nossos corpos não são nossos, mas que devem ser o templo de Deus e do seu Espírito Santo. 1 Coríntios 3:16-17 deixa claro que prejudicar ou contaminar o nosso próprio corpo é pecado: “Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo”. É um fato científico que o cigarro enfraquece o organismo e pode levar à morte, assim destruindo o corpo que devia trazer honra a Deus e ser útil em suas mãos. “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” (1 Coríntios 6:19).

Deus roga a todos os homens que se abstenham dos desejos carnais que os tornam insensíveis às coisas espirituais. “Amados, peço-vos...que vos abstenhais das concupiscências carnais que combatem contra a alma” (1 Pedro 2:11). A insensibilidade às coisas espirituais, bem como o desejo carnal que estimula este hábito, mostram que é um dos hábitos “que combatem contra a alma”. Fumar é uma tentativa de satisfazer a natureza carnal. A Bíblia diz: “Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito” (Romanos 8:5).

Deus quer que seus servos tenham vidas puras; que não se contaminem com os pecados de uma sociedade incrédula que os cerca. Aceitar a Cristo e andar em seu caminho, levando a sua cruz, fará com que as pessoas vivam de uma forma diferente das que não são cristãs. O apóstolo Paulo escreveu: “Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo” (Gálatas 6:14). É possível afirmar que fumar seja um hábito saudável, puro e inofensivo, que não prejudica ninguém? Fumar enquadra bem na vida de uma pessoa que se afastou da vida de pecado e leva a cruz de Cristo? Queira ou não, o fumante será identificado com aqueles que andam no caminho largo do pecado e do prazer, e não como quem está servindo a Deus.

Jogando dinheiro fora

O dinheiro gasto com cigarro muitas vezes faz com que filhos e esposa passem necessidade: falta de comida, de roupa, e até de abrigo. O uso egoísta do dinheiro está provocando muito sofrimento e transtornos no mundo de hoje. Somas enormes de dinheiro estão sendo gastos anualmente na compra de cigarros numa tentativa de encontrar felicidade onde não há felicidade. O Senhor pergunta: “Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura” (Isaías 55:2).

O poder de Deus liberta

Deus o ama e quer que você chegue a ele do jeito que você está. Ele é poderoso e capaz de libertá-lo. É verdade que o cigarro vicia e domina a pessoa, mas o Deus Todo-poderoso tem poder para resolver o seu problema. “Quem é Deus semelhante a ti, que perdoa a iniquidade, e que passa por cima da rebelião do restante da sua herança? Ele não retém a sua ira para sempre, porque tem prazer na sua benignidade. Tornará a apiedar-se de nós; sujeitará as nossas iniquidades, e tu lançarás todos os seus pecados nas profundezas do mar” (Miqueias 7:18-19).

Se você é fumante, é possível que lhe venha à mente algumas perguntas: O que meus amigos vão pensar se eu parar de fumar? E se eu tentar e não conseguir, o que eles vão pensar? Na realidade, é bem possível que você já tentou parar de fumar várias vezes, mas não conseguiu. O desejo é tão forte e o único alívio é fumar outro cigarro, e depois outro... Você pergunta: Quem pode me ajudar? Deus sabe o que eu estou passando?

Deus vê seu coração. Ele não apenas conhece seus vícios e problemas, mas vê como você está preso por Satanás. Possivelmente foi seu próprio orgulho e desejo de ser aceito por seus amigos que provocaram tudo isso. Mas há esperança! Jesus morreu na cruz para libertar todos os cativos das garras cruéis do inimigo. Aqueles que reconhecem que estão presos e desejam ser libertados podem levar todos os seus pecados ao pé da cruz e encontrar libertação. Em Romanos 6:5-6 lemos: “Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição; sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado”.

Deus nos criou à sua imagem e quer que o glorifiquemos com as nossas vidas. Em 1 Coríntios 6:20 lemos: “Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus”. São exatamente aquelas coisas que não glorificam a Deus que nos deixam tão vazios. Numa tentativa de preencher este vazio e encontrar a verdadeira felicidade, fumamos outro cigarro, e outro, e outro... Mas não funciona. Aquele vazio permanece.

Prezado leitor, você que até agora não conseguiu parar de fumar, há esperança. O amor e a compaixão de Deus são tão grandes que se você permitir, o Senhor o libertará deste vício tão terrível e lhe dará uma vida nova em Cristo Jesus. “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (2 Coríntios 5:17).