Como Sair Da Prisão

Por que existem prisões?

Algumas pessoas abusam da sua liberdade ao ponto de tirar a liberdade dos outros. Cometem violências e perturbam os outros, negando-lhes assim a liberdade de viverem em paz e segurança. Através de roubos e vandalismo, tiram a liberdade de suas vítimas de usufruir os benefícios conquistados pelo trabalho. É por isso que a sociedade tem achado por bem promulgar leis que restrinjam a liberdade destas pessoas, permitindo assim que os cidadãos honestos gozem o direito à liberdade que têm.

Há pessoas que pensam estar alcançando a liberdade, quando na realidade estão sendo levadas à escravidão por forças ocultas. Quem conta uma mentira fica escravo daquela mentira e muitas vezes tem que contar outra para cobrir a primeira. Jovens que começam a fumar, beber ou usar drogas, descobrem mais tarde, quando resolverem parar, que não conseguem. Outros desmancham o casamento na expectativa de novos prazeres, e no fim ficam sem a família e sem os prazeres que esperavam.

Não podemos escapar das consequências das nossas ações. A liberdade sem limitações sempre nos leva à prisão – ou uma prisão com muros de vícios e uma vida pecaminosa que tiram a nossa liberdade, ou então uma prisão com muros de pedra e grades nas janelas.

Olhemos agora a vida cristã. Como é possível a vida cristã oferecer liberdade quando na realidade parece tirar a liberdade da pessoa?

Deus o Pai nos criou e estabeleceu certas forças e leis que governam as nossas vidas (leia Atos 17:24-26). É somente quando nos dispomos a viver de acordo com estas leis que conseguimos a verdadeira liberdade e felicidade. Por outro lado, se tentarmos viver sem as leis de Deus, descobriremos que, por mais que procuremos a liberdade e felicidade, acabaremos na escravidão.

O segundo ponto que devemos considerar é o que a Bíblia fala sobre o diabo. As Escrituras nos ensinam que viver sem as leis de Deus nos coloca numa posição onde não gozamos da proteção de Deus, pois estamos no território do inimigo. O único interesse do diabo é de nos manter encarcerados para não nos aproximarmos de Deus (leia 1 Pedro 5:8).

Você entendeu o que estamos dizendo? A sua própria vida não é prova de que isto é verdade? A escravidão é uma consequência natural na vida de quem procura a felicidade nas promessas do diabo. A verdadeira liberdade, a verdadeira felicidade, a libertação dos temores e do sentimento de culpa e condenação, são conseguidas apenas quando estamos em paz com Deus e vivemos dentro de suas leis.

Olhemos as palavras de nosso Salvador: “O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar aos pobres. Enviou-me para apregoar liberdade aos cativos, dar vista aos cegos, pôr em liberdade os oprimidos, e anunciar o ano aceitável do Senhor. Hoje se cumpriu esta Escritura em vossos ouvidos” (Lucas 4:18, 19, 21). Você deseja sair da prisão?

 

Triste e sombrio foi meu viver       

        Longe de ti, meu Salvador;

Paz e perdão de ti venho obter,

        Junto de ti, Senhor.

Foi grande a luta da provação,

        Tenho sofrido muita aflição;

Pra confortar o meu coração,

        Venho a ti, Senhor!

Minhas vaidades atirarei

        Longe de mim, ó Salvador;

Pois teu querer será minha lei,

        Te servirei, Senhor.

O teu amor desejo provar,

        A tua graça quero gozar.

Sempre contigo almejo ficar;

        Teu sempre quero ser.