Ensina-Nos a Orar

A oração é uma petição humilde que dirigimos a Deus o Pai em nome de Jesus. É através da oração que expressamos os nossos sentimentos ao amoroso Pai celestial. Quando oramos, o nosso espírito se comunica com Deus através das palavras que falamos ou através dos nossos pensamentos. Deus quer que falemos com ele. Podemos chegar a ele com a nossa gratidão, com as nossas petições e com as decepções que passamos na vida.

Algumas pessoas afirmam que na primeira vez que oraram se sentiram um pouco estranho, como se não estivessem falando com ninguém. É justamente isto que Satanás quer que sintamos, pois não quer que voltemos a orar. Mas a Bíblia nos dá plena certeza de que Deus nos ouve, não importa o lugar nem a hora, desde que oremos com coração sincero. “Esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve” (1 João 5:14).

Quando oramos estamos falando com Deus. Portanto, dirija suas palavras diretamente a ele. Seja franco e sincero ao contar-lhe seus desejos e necessidades. Se você se sentir confuso, fale com ele sobre isso. A Bíblia diz: “Da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas. Não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis” (Romanos 8:26). Quando você está frustrado e desanimado, fale com Deus. Quando está feliz e agradecido, também fale com Deus. É importante sermos honestos em nossas orações. Deus quer que falemos aquilo que realmente sentimos no fundo do coração.

Preste atenção ao que Deus tem a dizer. Ele fala conosco através de nossos pensamentos e impressões. Isso pode acontecer enquanto estamos orando. Até as próprias palavras que usamos quando oramos podem vir de Deus. Ele quer nos comunicar a sua vontade, o que pode ocorrer ainda enquanto estamos orando ou depois. Ele fala através de seu Espírito, através da Bíblia e através de seus servos.

Quando oramos precisamos nos isolar das distrações do mundo em nosso redor e nos concentrar no tempo que estamos passando em comunhão com Deus. É verdade que o importante não é o lugar nem a posição em que nos encontramos, mas sempre que possível devemos procurar um lugar sossegado. Ajoelhar-se e fechar os olhos são sinais de reverência que criam um ambiente mais propício para a meditação. Toda a nossa atenção precisa ser dirigida a Deus (leia Mateus 6:6).

Há quem diga: “Não sei como orar. Não sei como me expressar ou quais as palavras que devo usar.” Possivelmente isto ocorre porque a pessoa pensa que precisa usar um vocabulário diferente para que Deus preste atenção. Podemos achar que temos que fazer uma oração comprida ou usar uma linguagem elegante para ele nos ouvir. Na realidade, muitas das orações que encontramos na Bíblia que foram atendidas por Deus, são curtas e simples. Temos o exemplo de um pecador que simplesmente orou: “Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador!” (Lucas 18:13). Outro pecador, quebrantado e contrito, orou: “Senhor, lembra-te de mim quando entrares no teu reino” (Lucas 23:42). A Bíblia contém as orações de homens de culturas diferentes. Cada uma é diferente das outras, o que mostra que o importante não são as palavras que usamos nas orações. 

Para a nossa oração dar resultado, temos que chegar a Deus com espírito humilde. Em 2 Crônicas 7:14 lemos: “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar e buscar a minha face, e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra”. Para conhecermos o Senhor cada vez mais, temos que seguir as instruções que ele nos dá – especialmente quando ele pede que nos afastemos do pecado.

Quando nós nos comunicamos diariamente com o Senhor, ele nos dá visão, estabiliza a nossa vida e nos concede aquilo que pedimos. “Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito” (João 15:7).

Ore em nome de Jesus. Ele disse: “E farei tudo o que pedirdes em meu nome” (João 14:13). Nós não temos mérito próprio. A única maneira de chegar a Deus é através de seu Filho Jesus Cristo.

Ore com frequência. Preste atenção quando ele fala. Seja obediente à direção que ele traz a seus pensamentos. “Por isso vos digo: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á” (Lucas 11:9).