Paz, Liberdade e Felicidade

Você alguma vez já pensou: “Se eu pudesse ser realmente livre, seria feliz e sentiria paz”? Muitos têm procurado esta liberdade acreditando que seria o segredo para a felicidade e uma vida de paz. Pensam que se pudessem se livrar de todas as restrições e fazerem o que bem entendessem, isto seria o segredo da felicidade. Seria?

As risadas e o ambiente de um bar mal-iluminado representam felicidade para algumas pessoas. Jovens com um carro, cerveja e cigarros ou drogas, pensam que passar a noite juntos sem restrições trará felicidade. Mas quando a noite termina, descobrem que aquilo não lhes trouxe paz nem felicidade.

A maconha, a cocaína e outras drogas pesadas prometem momentos de puro êxtase. Isto, sim, deve trazer felicidade, as pessoas pensam. E paz. É assim que acontece?

A música moderna que infiltra mente e alma anda de mãos dadas com as bebidas e as drogas, levando os usuários a novas alturas. Novamente, isso não traz verdadeira felicidade.

Sexo sem limites, deixando os desejos da carne correrem soltos, promete preencher o vazio da alma, mas apenas piora o sentimento de rejeição e decepção. Não, isso não traz felicidade.

Hoje em dia muitos acreditam que a liberdade total para fazer o que quiserem é um direito do ser humano. Acreditam que não devem ficar cercados por regras e leis; que quem se entrega a estas coisas em sua procura pela paz e a felicidade não deve questionar se é certo ou errado, ou ter um sentimento de culpa. Para eles a liberdade total é o segredo da paz e da felicidade. No entanto, esta felicidade é ilusória e a pessoa se afunda cada vez mais na sua procura. Junto com isso vem o raciocínio que na procura pela felicidade os fins justificam os meios. Afinal de contas, dizem, todos merecem ser felizes.

Logicamente, todos estes excessos acarretam riscos – e daí as advertências de não beber e dirigir, que as drogas são perigosas, de praticar sexo seguro, e no caso de engravidar, que há o recurso do aborto. São saídas, mas não soluções.

Se este é o segredo da felicidade, por que as boates não preenchem o vazio da alma? Por que a depressão depois de fazer tudo que a carne pede? Por que o vazio? Por que uma noite de amor proibido não tranquiliza o coração? Se a liberdade total é o segredo da paz e da felicidade, por que sempre escorregam das nossas mãos? Por que a vida continua tão vazia e cheia de problemas sem solução?

Fazer o que bem quiser não é a verdadeira liberdade; nunca trará paz e felicidade. Uma vida sem restrições é pecado, pois a pessoa serve a si própria e não a Deus.

Em Mateus 11:28-29, Jesus disse: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas”.

E você…como está a sua vida? Você sente uma inquietação, um peso no coração? Os problemas da vida e as amizades duvidosas estão tirando sua paz e deixando-o com temores e um sentimento de culpa? Você às vezes chega a pensar que ninguém o ama, que ninguém se preocupa com você?

Deus o ama. Disso você pode ter plena certeza. Ele quer que você encontre a paz, a verdadeira liberdade e a felicidade que sua alma deseja. A verdadeira paz não depende de mais liberdade para fazer o que sua carne deseja, mas de entregar sua vontade a Deus. Quando você se entrega a Deus, encontrará descanso para sua alma. Jesus diz: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá” (João 14:27).

Jesus lhe convida. Entregue todo o seu coração a ele – seu passado, seu presente e seu futuro. Arrependa-se dos anos que desperdiçou. Aí sim, encontrará a verdadeira liberdade, a verdadeira felicidade, a verdadeira paz e o verdadeiro amor. Você poderá enfrentar o futuro com esperança e com a certeza da vida eterna enquanto permanecer fiel ao Senhor. Que Deus o abençoe com uma vida de paz e descanso.